Aviso – Espaços florestais

Até às 24 horas da próxima segunda-feira, 21 de Agosto, é expressamente proibido, em 155 concelhos do país, entre eles, Porto de Mós “o acesso, a circulação e permanência no interior dos espaços florestais, previamente definidos no Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios, bem como nos caminhos florestais, caminhos rurais e outras vias que os atravessam”.
Nos mesmos concelhos, há “proibição total da utilização de fogo de artifício ou outros artefactos pirotécnicos independentemente da sua forma de combustão”. Nesse sentido, estão suspensas todas as autorizações de lançamento de fogos-de-artifício emitidas nestes concelhos.
Em Porto de Mós e nos restantes 154 concelhos onde este fim de semana o índice de risco de incêndio é elevado ou extremo há, ainda, “a proibição total da utilização em todos os espaços rurais de máquinas de combustão interna ou externa, onde se incluem todo o tipo de tractores e máquinas agrícolas ou florestais, bem como realização de trabalhos nos espaços florestais com recurso a motorroçadoras, corta-matos e destroçadores”.
Estão proibidas, igualmente, quaisquer actividades de caça, desportivas e outras, como é o caso dos piqueniques, em zonas cujo acesso seja feito por caminhos florestais ou rurais.

Consulte o declaração de calamidade na íntegra em:
http://www.portugal.gov.pt/…/20170818-pm-mai-calamidade-pre

Ler mais